Páginas

segunda-feira, 10 de julho de 2017

PAU D’ARCO: PRESOS POLICIAS ENVOLVIDOS EM CHACINA resos policiais envolvidos em chacina


Onze policiais militares e dois policiais civis envolvidos na chacina de Pau D’Arco, no sudeste paraense, que resultou na morte de dez trabalhadores rurais, foram presos nesta segunda-feira (10), seis dias após a reconstituição realizada pela Polícia Federal.

As prisões ocorreram em Belém e no município de Redenção, no sudeste paraense, após solicitação do do promotor de justiça Alfredo Amorim, um dos quatro promotores que conduzem a investigação sobre o caso, pelo Ministério Público, e foram realizadas por equipes da Polícia Federal e da Corregedoria da Polícia Militar do Pará.

Veja a lista com os nomes dos presos:

Carlos Kened Gonaçalves de Souza - coronel da PM;

Rômulo Neves de Azevedo - tenente da PM;

Cristiano Fernando da Silva - cabo da PM;

Rodrigo Matias de Souza - soldado da PM;

Advone Vitorino da Silva - 2º sargento da PM;

Jonatas Pereira de Silva - soldado da PM;

Neuily Sousa da Silva - soldado da PM;

Welington da Silva Lira - soldado da PM;

Orlando Cunha de Sousa - 3º sargento da PM;

Ronaldo Silva Lima - sargento da PM;

Ricardo Moreira da Costa Dutra - cabo da PM;

Douglas Eduardo da Silva Luz - escrivão da PC;

Euclides da Silva Lima Júnior- investigador da PC.

Prisões temporárias

Segundo a Polícia Civil, as prisões são temporárias de 30 dias, podendo prorrogada por igual período, dependendo da Justiça.

Segundo decisão do juiz Haroldo Silva da Fonseca, por se tratar de policiais militares e civis, eles deverão ficar recolhidos no Quartel da Polícia Militar. Leia amais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o site Talento Noticias não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!