Páginas

sexta-feira, 4 de março de 2016

SUPREMO VAI OUVIR TESTEMUNHAS DE DEFESA ARROLADAS EM AÇÃO PENAL CONTRA DEPUTADO EDER MAURO

Supremo vai ouvir testemunhas de defesa arroladas em ação penal contra deputado do Pará
O STF (Supremo Tribunal Federal) marcou para o próximo dia 31 o depoimento das testemunhas de defesa arroladas nos autos da ação penal que tem como réu o deputado federal Éder Mauro (PSD).
Delegado licenciado da Polícia Civil do Pará, o parlamentar é acusado de crime de ameaça/contra liberdade pessoal.


Os depoimentos das testemunhas, residentes em Belém, serão colhidos por videoconferência pelo juiz instrutor Daniel Marchionatti Barbosa, que a partir das 15h estará na sala de audiências do Supremo.

De nº 967, essa ação penal tem como relator o ministro Gilmar Mendes, e subiu para STF em 2015 porque o delegado foi eleito deputado federal no ano anterior e, por isso, obteve foro privilegiado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o site Talento Noticias não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!