Páginas

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

ARATAÚ: Trânsito volta a ficar interrompido no local


A CHUVA ELEVOU O NÍVEL QUE RIO, QUE COBRIU O DESVIO DO DNIT

Dezenas de veículos estão sem poder cruzar o Rio Arataú em um desvio construído pelo DNIT, entre as cidades de Novo Repartimento e Pacajá, no centro-oeste do Pará, é que nesta manhã de quarta-feira (06) as fortes chuvas na região elevaram o nível do Rio, a força da água submergiu o desvio e pode levar toda a estrutura construída, a qualquer momento.
Filas de carros estão se formando dos dois lados do rio, algumas pessoas conseguem passar pelo desvio a pé, porém o risco de serem levadas pela correnteza é grande. Equipes do DNIT já estão no local e avaliam outro plano emergencial, uma vez que o desvio também foi construído apenas como medida paliativa e não definitiva.

Uma ponte metálica de uso do exército brasileiro deve ser usada provisoriamente, enquanto é feita a construção ou reforma da ponte antiga, como já havia cogitado o DNIT. Até a manhã desta quarta-feira 06, não foi repassado nenhuma informação de uso do flutuante que nos primeiros dias que a ponte caiu, em Dezembro do ano passado, ajudou motoristas a passar pelo local.
ENTENDA O CASO:
No último dia 15 de Dezembro/2015, um caminhoneiro tentava passar pela ponte sobre o Rio Arataú, a 22 km de Pacajá, quando a estrutura de concreto veio a baixo, ele chegou a ser socorrido por moradores da vila Arataú, mas segundo a PRF, morreu no Hospital de Novo Repartimento na quarta-feira 16, pela manhã. DNIT e PRF foram para o local e trabalharam para garantir o tráfego, um desvio foi construído.
É a segunda vez que a ponte cai, em agosto de 2014, um caso parecido deixou o local com tráfego desviado por 3 meses, naquele acidente ninguém morreu.
Mais informações a qualquer momento.

Por Vale do Xingu 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o site Talento Noticias não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!