Páginas

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

PF cumpre seis mandados da operação Lava-Jato em Belém

Busca e apreensão foi autorizada pelo ministro do STF, Teori Zavascki, a pedido do Ministério Público

 A Polícia Federal cumpriu seis mandados de busca e apreensão no Pará dentro da 22ª fase da operação Lava-Jato, deflagrada em sete Estados e no Distrito Federal nesta terça-feira (15). Foram três mandados destinados a pessoas físicas e outros três a pessoas jurídicas. Batizada de operação 'Catilinárias', a investigação tem com alvo principal o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Um delegado da Polícia Federal no Pará informou que o cumprimento dos mandados no estado foi determinado pelo núcleo de investigação em Brasília. Segundo o policial, a coordenação da operação orientou superintendentes, delegados e agentes envolvidos na ação nos Estados do Pará, São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Alagoas, Ceará e Rio Grande do Norte a não falar com a imprensa ou dar detalhes sobre empresas e pessoas físicas alvo dos mandados.

O ministro Teori Zavascki expediu 53 mandados de busca e apreensão referentes a sete processos da operação Lava Jato. Segundo a PF, o objetivo é evitar que os investigados destruam provas importantes e apreender bens que podem ter sido adquiridos em decorrência da prática criminosa.

As buscas ocorrem em endereços funcionais, sede de empresas, escritórios de advocacia e órgãos públicos. Além dos seis mandados para o Pará, o STF expediu mandados para São Paulo (15), Rio de Janeiro (14), Pernambuco (4), Alagoas (2), Ceará (2) e Rio Grande do Norte (1).

A operação foi batizada de 'Catilinárias' por conta dos discursos célebres do cônsul romano Cícero contra o senador Catilina, que planejava tomar o poder e derrubar o governo republicano.

Veja abaixo um dos trechos do discurso:

Até quando, Catilina, abusarás

da nossa paciência?

Por quanto tempo a tua loucura há de zombar de nós?

A que extremos se há de precipitar a tua desenfreada audácia?

ORMnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o site Talento Noticias não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!