Páginas

terça-feira, 30 de junho de 2015

VEREADORES DE NOVO PROGRESSO CASSAM PREFEITO OSVALDOR ROMANHOLI

O prefeito de Novo Progresso  Osvaldo Romanholi (PR), foi cassado pela Câmara Municipal por 7 votos 2.Romanholi concedeu coletiva e defendeu-se num discurso que durou pouco menos de uma hora. Ele disse
cassaçaoque a CPI criada era fruto de uma trama política orquestrada por uma quadrilha formada por vereadores que queriam tira-lo do cargo".
Os vereadores tiraram o mandato de Romanholi por meio de uma Comissão Processante, que o acusou de irregularidade em contrato – sem a exigência de licitações – firmada com funcionário público que trabalhava no setor de técnico de Informática.
Para a Comissão Processante, Romanholi teria ignorado a lei e contratou o ex-funcionário publico Hélio Poliezel para ser técnico de informática com salário mensal de R$ 6.400,00 (Seis mil e quatrocentos reais) sem licitação, para este caso a lei exige a licitação. Para o denunciante contratar sem licitação o prefeito Osvaldo Romanholi frente a administração pública Municipal procedeu “de modo incompatível com a dignidade e o decoro do cargo”.


“Isso aqui é um golpe”, afirmou Romanholi, , que nunca compareceu nas CPIs para depor ou se defender.
O vice de Romanholi Joviano de Almeida (PSC) já está no comando da prefeitura por mais de 60 dias pelo motivo do afastamento do prefeito que agora foi cassado. Romanholi responde por outras denuncias, são no total de quatro que foram criadas ( CPI’s’ ) para investigar o ex-alcaide.
Embora foram eleitos na mesma coligação, Romanholi e Joviano não conversam há mais de um ano. O prefeito cassado acusa o vice de ter se alinhado a oposição e de ter participado da suposta trama para derrubá-lo. Joviano nega a acusação.
O ex-prefeito Osvaldo Romanholi (PR), não compareceu na sessão mesmo sendo intimado e convocado para fazer defesa oral, o envolvido Hélio Poliezel compareceu, usou da tribuna e negou envolvimento no caso.
Após o resultado populares comemoram com fogos de artifícios pelos quatro cantos da cidade.
A Câmara deve dar posse imediata para o vice-prefeito Joviano de Almeida em sessão especial, após oficiar o ex-prefeito Osvaldo Romanholi da decisão da Câmara de Vereadores.
Presidente da Câmara Ubiraci Soares(Macarrão-PT)
Hoje o prefeito foi cassado por essa Casa de leis, por várias vezes foi tentado intimar o Sr. Osvaldo para fazer sua defesa nessa casa. Ele nunca compareceu nem para dar uma satisfação, sempre desmoralizando a Câmara de vereadores, mais essa casa de leis fez o seu papel e fez bem feito.
O Hélio Poliezel fez a parte dele, compareceu se defendeu, mais o prefeito Osvaldo Romanholi não fez a dele, durante 90 dias essa comissão trabalhando em cima desse processo, tentando entrar em contato com o Osvaldo, mais ele nunca atendeu essa casa de leis, sempre protocolando documento que a comissão processante não cabia a ela julgar ele.
Vice-Prefeito Joviano de Almeida(PSL)
Na verdade eu quero dizer a população que eu estava na prefeituraa mais não era o prefeito, apenas substituindo. A Câmara fez a cassação então agora é aguardar a minha diplomação para que eu me torne prefeito de verdade, quero deixar aqui bem claro a população que tudo o que tiver ao meu alcance tudo farei por esse município, para que possamos ter um município digno para todos nós que moramos aqui, queremos o bem de todos e não somente de algumas pessoas.
Pretendo trabalhar unido com a Câmara de Vereadores esses dois poderes tem que andar juntos para realizar o melhor para o município. Quanto aos trabalhos de algumas secretarias e investimentos, estávamos numa indecisão, agora acredito que seja definitivo, então trabalharemos da forma mais correta possível.


 Jornal Folha do Progresso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o site Talento Noticias não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!