Páginas

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Sintepp queima ordem judicial de reintegração de posse

Sintepp queima ordem judicial
Membros do Sintepp queimam a ordem judicial de reintegração de posse, em Belém. Foto:
O secretário estadual de Educação, Helenilson Pontes, lamentou a atitude dos professores em desobedecer a ação de reintegração de posse emitida pela Justiça em resposta ao pedido de liminar contra o Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará) que desde a manhã da última segunda-feira, 12, ocupa o prédio do Centro Integrado de Governo (CIG), em Belém.
Helenilson Pontes classificou como “lamentável que o sindicato tenha chegado ao limite de desobedecer uma ordem judicial”.
Helenilson explicou que a multa estabelecida pela Justiça, de 20 mil reais, é uma multa em favor da sociedade e que tem que ser cumprida.
“A decisão de descumprir a ordem judicial é do sindicato e também a de arcar com a multa estabelecida. Em um estado de democrático de direito, as ordens judiciais devem ser cumpridas. Quem não está de acordo deve recorrer”, explicou o titular da Seduc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o site Talento Noticias não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!