Páginas

terça-feira, 10 de março de 2015

“Soldados da borracha”

“Soldados da borracha” começam a receber indenização de R$ 25 mil

Quase 70 anos após o fim da Segunda Guerra, o governo federal começou a indenizar no dia 2 de março os “soldados da borracha”, como ficaram conhecidos os retirantes recrutados no Nordeste para extrair o produto na Amazônia e abastecer a indústria bélica americana.
Cada soldado e descendente (são 11.900 ao todo), receberá indenização de R$ 25 mil até o fim do ano. Segundo a Previdência Social, o montante será de R$ 289 milhões.
CCJ - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania
Mais da metade dos beneficiários é do Acre (6.895), seguido pelo Amazonas (1.917).
Atualmente, restam pouco mais de 5.000 ex-soldados vivos. A categoria busca os mesmos direitos dos brasileiros que lutaram na Europa.
Desde 1988, os “soldados da borracha” recebem dois salários mínimos – os ex-combatentes recebem sete salários, abono, assistência médica e outros benefícios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o site Talento Noticias não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!