Páginas

terça-feira, 31 de março de 2015

Dilma diz ter 'clareza' de que ministro Joaquim Levy foi 'mal interpretado'

Ministro da Fazenda disse que Dilma nem sempre age de maneira 'efetiva'. 

Segundo presidente, Levy ficou 'bastante triste' com repercussão da fala.

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (30), durante entrevista após entregar casas do programa Minha Casa, Minha Vida em Capanema (PA), "ter clareza" de que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, foi "mal interpretado" ao dizer que ela nem sempre faz as coisas da "maneira mais fácil" e "efetiva".

declaração de Levy foi dada em uma palestra em inglês, na última terça-feira, em São Paulo, a ex-alunos da escola de negócios da Universidade de Chicago (EUA), onde estudou. O jornal "Folha de S.Paulo", que divulgou na internet a gravação com a fala do ministro, informou que no encontro, restrito, Levy disse: "Acho que há um desejo genuíno da presidente de acertar as coisas, às vezes não da maneira mais fácil, mas... Não da maneira mais efetiva, mas há um desejo genuíno". De acordo com o jornal, a fala do ministro foi uma crítica à "pessoa" da presidente.
"Em política, vocês sabem que às vezes eu não posso seguir um caminho curto porque eu tenho de ter o apoio de todos aqueles que me cercam. Então, tem a questão de construir consensos. Eu acho que é nesse sentido que ele falou e não tem por que criar maiores complicações por isso. Ele já explicou isso exaustivamente. Ele ficou bastante triste com isso e me explicou", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o site Talento Noticias não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!