Páginas

segunda-feira, 10 de julho de 2017

PAU D’ARCO: PRESOS POLICIAS ENVOLVIDOS EM CHACINA resos policiais envolvidos em chacina


Onze policiais militares e dois policiais civis envolvidos na chacina de Pau D’Arco, no sudeste paraense, que resultou na morte de dez trabalhadores rurais, foram presos nesta segunda-feira (10), seis dias após a reconstituição realizada pela Polícia Federal.

As prisões ocorreram em Belém e no município de Redenção, no sudeste paraense, após solicitação do do promotor de justiça Alfredo Amorim, um dos quatro promotores que conduzem a investigação sobre o caso, pelo Ministério Público, e foram realizadas por equipes da Polícia Federal e da Corregedoria da Polícia Militar do Pará.

Veja a lista com os nomes dos presos:

Carlos Kened Gonaçalves de Souza - coronel da PM;

Rômulo Neves de Azevedo - tenente da PM;

Cristiano Fernando da Silva - cabo da PM;

Rodrigo Matias de Souza - soldado da PM;

Advone Vitorino da Silva - 2º sargento da PM;

Jonatas Pereira de Silva - soldado da PM;

Neuily Sousa da Silva - soldado da PM;

Welington da Silva Lira - soldado da PM;

Orlando Cunha de Sousa - 3º sargento da PM;

Ronaldo Silva Lima - sargento da PM;

Ricardo Moreira da Costa Dutra - cabo da PM;

Douglas Eduardo da Silva Luz - escrivão da PC;

Euclides da Silva Lima Júnior- investigador da PC.

Prisões temporárias

Segundo a Polícia Civil, as prisões são temporárias de 30 dias, podendo prorrogada por igual período, dependendo da Justiça.

Segundo decisão do juiz Haroldo Silva da Fonseca, por se tratar de policiais militares e civis, eles deverão ficar recolhidos no Quartel da Polícia Militar. Leia amais

domingo, 11 de junho de 2017

Simão Jatene inaugura a terceira escola tecnológica do oeste do Pará


A escola, erguida em Santarém, tem capacidade para atender 1.440 alunos de cursos técnicos e de Formação Inicial Continuada (FIC). Custou 11 milhões de reais

 Uma escola tecnológica com 12 salas de aula, construída dentro do padrão estabelecido pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), foi inaugurada em Santarém, no oeste do Pará, pelo governador Simão Jatene.

A escola, entregue ontem, 10, tem capacidade para atender 1.440 alunos de cursos técnicos e de Formação Inicial Continuada (FIC).

Durante a solenidade também foram assinadas autorizações para obras de reforma de escolas e construção de um terminal hidroviário e seis portos na região.

“Essa escola é muito importante não apenas para Santarém, mas para todos os municípios da região. Um dos grandes desafios na Amazônia é realizar uma revolução pelo conhecimento, ou seja, criar condições objetivas de que na Amazônia se reflita sobre qual é o melhor modelo para o desenvolvimento da própria Amazônia”, ressaltou Simão Jatene, ao explicar que esse processo deve também permear a qualificação dos jovens, para que possam se integrar ao mercado de trabalho em melhores condições.

BEM PÚBLICO

Para o governador, a escola é uma ferramenta de qualificação e, acima de tudo, de promoção da cidadania.

Ele lembrou que a estrutura entregue é apenas um prédio, já que a escola é feita de pessoas, por isso é necessário que todos cuidem do espaço, que é um bem público.

Simão Jatene inaugura a terceira escola tecnológica do oeste do Pará, Escola tecnologica de Santarém - diretoraAnfiteatro da escola tecnológica de Santarém
“Essa escola foi feita com os impostos pagos pela população. É um espaço que pertence a todos, e não ao governo. Sendo assim, é importante que todos assumam o compromisso de cuidar dela”, reiterou Jatene.

Ele também destacou a importância de unir forças para a promoção do desenvolvimento do Pará.

DESEMPREGO
“Neste evento nós temos representantes de diversos partidos, todos juntos na discussão sobre as alternativas de melhoria para o nosso Estado. Só assim é possível encontrar soluções mais abrangentes”, frisou o governador.

Presente à inauguração da escola, o representante do Ministério da Educação, Geraldo Andrade, explicou que o governo federal está investindo em estruturas que possam promover resultados expressivos para os problemas atuais, como a escola tecnológica, que está direcionada à redução dos impactos do desemprego decorrente da crise econômica no Brasil.

“Mesmo na crise que gera desemprego, nós temos uma quantidade razoável de vagas que não conseguem ser preenchidas pela falta de qualificação da população. Essa escola faz justamente esse papel de formação de mão de obra qualificada”, reiterou.

ALVO, JUVENTUDE

Para o prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, a entrega da escola tecnológica é um presente de aniversário antecipado para a cidade de Santarém, que completa 356 anos de fundação no próximo dia 22 de junho.
lei mais 

Fonte: Blog do jeso

GRILAGEM PODEROSA DE TERRAS PÚBLICAS E PARTICULARES SOB AS BENÇÃOS DO ESTADO

 A PF paraense já está atuando no escandaloso caso
Quando se pensa que o Pará evoluiu no combate à grilagem de terras, fechando o cadeado das fraudes em cartórios  - como no caso dos "fantasmas" Carlos Medeiros, Jovelino Batista, e outras almas penadas  do universo fundiário -, a realidade aparece, nua e crua, provando que pouca coisa mudou.

As fraudes, na verdade, continuam a todo vapor. E, no caso que o Ver-o-Fato vai abordar numa série de matérias, desta vez com as bençãos do próprio Estado, que deveria zelar por seu patrimônio fundiário, mas não o faz.

E no topo dessa grilagem está uma grande empresa, que é a menina dos olhos do governador Simão Jatene, e uma das principais financiadoras de suas campanhas eleitorais e de outros candidatos tucanos: a Agropalma.

Se as terras griladas entre o Acará e Tailândia pudessem falar - como, aliás, falarão na série de matérias que o Ver-o-Fato irá publicar -, elas gritariam uma única palavra: basta.

O Tribunal de Justiça, caso deixe de lado a tendência quase compulsiva de se dobrar à influência política de caciques partidários ou ao compadrio de poderosos escritórios de advocacia, dispõe da ferramenta necessária para fazer cumprir a lei. Doa a quem doer.

Se não o fizer, a história será implacável na cobrança.  

Por enquanto, já existe inquérito aberto na Polícia Federal, ação civil pública do Ministério Público do Estado, decisão judicial transitada em julgado que não é cumprida, até procedimento apurado pelo Ministério Público Federal (MPF).

Há grilagem em cima de grilagem, prevaricação, "cartório fantasma", laudo contestado, documentos falsos, apropriação de terras públicas e particulares. Enfim, uma multidão de ilegalidades. E, para variar, interesses poderosíssimos em jogo.

Quando o Ver-o-Fato proclama que o Pará precisa urgentemente de uma Operação Lava-Jato, não está sendo retórico ou sensacionalista. Tudo o que dizemos é baseado em fatos.

E fatos são fatos.

Ou não são?
Fonte : Blog Ver o Fato

quinta-feira, 8 de junho de 2017

HOMEM CANIBAL, MATOU E ESQUARTEJOU E GUARDOU O CORPO DE MULHER EM GELADEIRA EM MANAUS

Um homem, identificado como Firmo Farias Sampaio, de 33 anos, foi preso em flagrante, na madrugada desta quinta-feira (8), por matar e esquartejar uma mulher – que até o momento não foi identificada. O corpo foi encontrado em sacos plásticos, dentro da geladeira, no quarto de uma quitinete onde o suspeito morava, situada na rua Diagonal, bairro Betânia, Zona Sul de Manaus.
De acordo com o delegado plantonista do 1oº Distrito Integrado de Polícia (DIP), Gustavo Sotero, o crime foi descoberto após o suspeito fazer uma ligação para a mãe e contar que havia escondido o corpo.
“Ele estava desorientado, aparentemente drogado, chamou a mãe e só disse que estava muito arrependido e pediu que ela olhasse na geladeira. Em depoimento, a mãe contou que quando abriu a geladeira chegou a ver a ponta de um dos pés do corpo, ficou nervosa e pediu para ir embora”, informou o delegado.
Ainda de acordo com o delegado, após sair do quitinete, o suspeito foi deixar a mãe na casa da avó. No local, a mãe dele acionou a polícia. Firmo foi detido por policiais militares da 7a Companhia Interativa Comunitária (Cicom), nas proximidades da quadra da Escola de Samba Reino Unido da Liberdade.
“A mãe do suspeito informou que desconhecia se o filho estava mantendo algum relacionamento ultimamente e que família não conhecia a mulher. O suspeito também preferiu ficar em silêncio e não contou a motivação e nem quem seria a vítima”, disse Sotero.
Firmo seria adepto da magia negra e possuía o Livro dos Mortos, que possui feitiços, magias e rituais do Antigo Egito.
O corpo foi encontrado sem a cabeça e os braços e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). Firmo foi autuado por homicídio e ocultação de cadáver e encaminhado para o 1o DIP e deve ser levado

POLÍCIA CIVIL PRENDE ACUSADOS DE ROUBAR CARGAS NA TRANSAMAZÔNICA.

Uma equipe de policiais civis do NAI/W, que tem como diretor o Delegado Silvio Birro, de Santarém, prendeu na tarde de ontem (07/06) na BR 230 - Transamazônica à altura da comunidade conhecida como Km 224, uma quadrilha especializada em roubo de cargas de caminhões. A operação que se deu em conjunto com policiais civis de Altamira, sob o comando do delegado Vinícius Sousa, Superintendente da Região do Xingu e Walison, Titular da Delegacia de Uruará, resultou na detenção de 04 assaltantes e apreensão de duas armas de fogo sendo uma espingarda e uma pistola, calibre 7.65, que eram usadas para abordar as vítimas, além de um caminhão wolgsvagen utilizado para transportar toda a carga roubada após ser retirada dos caminhões de origem sempre em um ramal de
difícil acesso e previamente escolhido pelos criminosos . De acordo com a polícia, a quadrilha vinha agindo já havia um bom tempo e com isso colocando pânico nos profissionais do volante. Duas mulheres também foram presas. Em uma chácara onde residiam os acusados foram apreendidos vários objetos roubados, com roupas, tênis, perfumes, sapatos femininos e eletrodomésticos.Todos foram autuados em flagrante delito na delegacia de Uruará por Associação Criminosa, Porte Ilegal de Arma de Fogo, Recepção Dolosa, etc. Após à conclusão dos procedimentos os presos deverão ser transferidos ainda hoje para o presídio de Altamira.
Fonte: PC/PA - Uruará em Foco

PV PEDE INVESTIGAÇÃO DA CÂMARA SOBRE NEPOTISMO NO GOVERNO CLIMACO, PREFEITO DE ITAITUBA

PV pede investigação da Câmara sobre nepotismo no governo Climaco, Valfredo e Valmir, nepotismo em ItaitubaWaldredo Júnior, presidente do PV: petição para investigar Valmir Climaco

O PV (Partido Verde) protocolou hoje, 7, na Câmara de Vereadores de Itaituba, pedido de investigação no governo do prefeito Valmir Climaco (PMDB) por ato de improbidade administrativa, pela prática de nepotismo.
O documento, com 35 páginas, é assinado por Valfredo Marques Júnior, presidente do partido no município.
Neste link, a íntegra do pedido.
O PV responsabiliza, além do prefeito, por nomeação e autorização, 4 secretários municipais pela ilegalidade:
– Ronny Freitas, de Administração;
– Orismar Gomes, de Infraestrutura;
– Israel Santos, de Governo, e
– Antonio Alves de Souza, de Agricultura.
O partido cita na petição que, com as denúncias Blog do Jeso sobre casos de nepotismo na gestão de Valmir Climaco, “restou comprovada a prática [… ] no Poder Executivo do Município de Itaituba, consubstanciada na nomeação de pessoas, por indicação de parente e afins, para o exercício de cargos comissionados”.
Além dos casos listados nas reportagens do Blog do Jeso, o PV relaciona outros.
“O demandado Valmir Climaco Aguiar tem pleno conhecimento da relação de parentesco caracterizadora do Nepotismo. Ora questionado por reportagem exibida no dia 11 de maio de 2017 no jornal Focalizando, bem reconheceu ilicitude perpetrada com essas nomeações”, assegura a sigla.
Amanhã, 8, o PV pretende protocola essa mesma petição no MP (Ministério Público) do Pará em Itaituba.

Blog do Jeso

segunda-feira, 5 de junho de 2017

OS 9 DEPUTADOS DO PARÁ FINANCIADOS PELA JBS, SEGUNDO DELAÇÃO PREMIADA.

Na lista, há deputados – estaduais e federais – do PMDB, PT, entre outros, eleitos em 2014

delação de JoesleyJoesley Batista fazendo delação premiada

O presidente, Joesley Batista, e o diretor de Relações Institucionais, Ricardo Saud, do grupo JBS contaram, em delação premiada, que financiaram, direta ou indiretamente, 1.829 candidatos na eleição de 2014, entre postulantes a presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.
Foram repassados quase R$ 600 milhões.
Os delatores não especificaram se o financiamento foi propina, caixa dois ou doação legal.
Na lista abaixo, os deputados estaduais e federais do Pará financiados pela JBS, segundo o site Congresso em Foco.
DEPUTADO FEDERAL

Simone Morgado

Os 9 deputados do Pará financiados pela JBS, segundo delação premiada, simone morgado
Partido: PMDB
Valor da doação: R$ 100 mil

Elcione Barbalho

Os 9 deputados do Pará financiados pela JBS, segundo delação premiada, Plenário do Congresso - 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência Contra as Mulheres
Partido: PMDB
Valor da doação: R$ 200 mil

Beto Faro

Beto Faro, Reunião da Bancada.
Partido: PT
Valor da doação: R$ 32.300,00

Zé Geraldo

Deputado Zé Geraldo (PT-PA).
Partido: PT
Valor da doação: R$ 62,5 mil

Wlad Costa

wlad costa
Partido: Solidariedade
Valor da doação: R$ 200 mil
DEPUTADO ESTADUAL

Iran Lima

ALEPA DEPUTADOS NA TRIBUNA
Partido: PMDB
Valor da doação: R$ 325

Chicão Melo Filho

chicao
Partido: PMDB
Valor da doação: R$ 100 mil

Carlos Bordalo

Carlos Bordalo
Partido: PT
Valor da doação: R$ 26.640,00

Antonio Tonheiro

antonio tonheiro
Partido: PDT
Valor da doação: R$ 76

quarta-feira, 31 de maio de 2017

DESDE O MES DE MARÇO QUE SAI PAGAMENTO PARA EMPRESAS QUE GANHARAM LICITAÇÃO PARA LOCAÇÃO DE MÁQUINAS PARA O MUNICÍPIO DE URUARÁ😳

Pagamentos feitos pela Prefeitura para as duas empresas de Santarém que ganharam as licitações para alugar máquinas para recuperação das ruas da cidade (terraplanagem). Pagamentos feitos em março e abril.
SUA RUA JÁ FOI ARRUMADA antes dos pagamentos??? ou os pagamentos foram feitos adiantado? O Valor pago até o momento: $793.135,00 isso mesmo, chega próximo a UM MILHÃO DE REAIS 😳😳😳
OS 13 VEREADORES ATÉ O MOMENTO APENAS TIRANDO FOTOS E ASSESSORANDO O PREFEITO😭😥
Fonte: Portal da Transparência da Prefeitura de Uruará.http://www.governotransparente.com.br/transparencia/4594488/consultarpagdesporc/report?ano=1&inicio=01/01/2017&fim=31/05/2017&credor=33106&valormax=&valormin=

http://www.governotransparente.com.br/transparencia/4594488/consultarpagdesporc/report?ano=1&inicio=01/01/2017&fim=31/05/2017&credor=33105&valormax=&valormin=

Nenhum texto alternativo automático disponível.Nenhum texto alternativo automático disponível.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Cai Temer e Aécio e o consórcio do golpe de mantém no poder

TemerTemer afirma que não vai renunciar e afunda o país ainda mais na crise

por Airton Faleiro (*)

Não acredito que Temer se segure na Presidência da República. Ele saindo (de uma forma ou de outra), teremos uma nova eleição para presidente do Brasil.
De forma resumida, só vejo dois cenários que se avizinham:
1 – Uma PEC estabelecendo eleições diretas, quando o povo escolhe o novo presidente;
2 – Com a saída do Temer, Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, assume a Presidência da República e convoca eleição indiretas em 30 dias;
Na minha opinião, tudo caminha para o segundo cenário, ou seja: eleições indiretas, sem o voto popular.
Ao analisarmos a conjuntura política, devemos deixar de lado o que desejamos e ver, sem paixões, o que é mais provável acontecer (isso não impede que lutemos pelo que acreditamos ser melhor para o país, nos posicionando contra o que poderá vir acontecer).

por: Jeso Carneiro

NO LUGAR DE TEMER?

No lugar de Temer: nome de Cármen Lúcia é visto com reservas no STF

No lugar de : nome de Cármen Lúcia é visto com reservas no STFMinistra Cármen Silva, presidente do STF

Coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, hoje, 22:
A eventual candidatura de Cármen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), para substituir meio de eleição indireta no Congresso é vista com reservas por integrantes do tribunal.
O nome dela tem sido considerado por partidos como o PSDB.
Um dos magistrados afirmou à coluna acreditar que um desfecho com Cármen Lúcia candidata a presidente poderia dar a impressão de que o STF se movimentou para isso, o que comprometeria a credibilidade do tribunal.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

RANKING DAS MAIORES FROTAS DE VEÍCULOS DA TRANSAMAZÔNICA E XINGU

Dados do Denatran (Departamento Nacional de Transito) quantificados até dezembro de 2016 revelam: a cidade da região da Transamazônica e Xingu com a maior frota de veículos, incluindo motos, é Altamira, com quase 60 mil unidades.

Leia também
Ranking das maiores frotas de veículos da Calha Norte do Pará

Com base nesses dados, o Blog do Jeso fez o ranking dos municípios dessa região em número de veículos. Desse total, separou o de motocicletas e dimensionou o percentual com relação ao número de carros.

Abaixo, a colocação de cada município.

1. Altamira
Total de veículos (incluindo motos): 58.713
Total de motos: 30.529
Percentual de motos em relação a carros: 51,9%.


2. São Félix do Xingu
Total de veículos (incluindo motos): 15.977
Total de motos: 11.110
Percentual de motos em relação a carros: 69,5%.

3. Uruará
Total de veículos (incluindo motos): 10.523
Total de motos: 6.276
Percentual de motos em relação a carros: 59%.

4. Pacajá
Total de veículos (incluindo motos): 6.543
Total de motos: 4.476
Percentual de motos em relação a carros: 68%.

5. Medicilândia
Total de veículos (incluindo motos): 5.809
Total de motos: 3.991
Percentual de motos em relação a carros: 68,7%.

6. Brasil Novo
Total de veículos (incluindo motos): 5.320
Total de motos: 3.667
Percentual de motos em relação a carros: 68%.

7. Anapu
Total de veículos (incluindo motos): 3.359
Total de motos: 2.151
Percentual de motos em relação a carros: 64%.

8. Placas
Total de veículos (incluindo motos): 2.616
Total de motos: 1.823
Percentual de motos em relação a carros: 69%.

9. Vitória do Xingu
Total de veículos (incluindo motos): 2.276
Total de motos: 1.137
Percentual de motos em relação a carros: 42%.

10. Porto de Moz
Total de veículos (incluindo motos): 994
Total de motos: 573
Percentual de motos em relação a carros: 57,6%.

11. Senador José Porfírio
Total de veículos (incluindo motos): 904
Total de motos: 576
Percentual de motos em relação a carros: 63,7%.

12. Gurupá
Total de veículos (incluindo motos): 517
Total de motos: 411
Percentual de motos em relação a carros: 57,3%

sábado, 22 de abril de 2017

URUARÁ FECHA CONTRATO DE R$ 1,4 MILHÃO DE ALUGUEL DE MÁQUINAS PARA COLETA DE LIXO

Praça em Uruará tomada de lixo. Foto – arquivo/Uruará em Foco


O prefeito de Uruará, Gilsinho Brandão (PMDB), fechou contrato de 1 ano, no valor de quase R$ 1,4 milhão, com a CM Empreendimentos Ltda.

Durante esse período, a empresa vai ceder máquinas e equipamentos a serem utilizados na coleta de lixo no município, localizado no oeste do Pará.

A CM Empreendimentos, com sede em Itaituba, pertence aos sócios Emilene Aguiar e Hélio Ferreira do Amaral.

O contrato entre as partes já está em vigor.

Fonte: Blog do Jeso

sexta-feira, 21 de abril de 2017

RANKING DAS MAIORES FROTAS DE VEÍCULOS DA CALHA NORTE DO PARÁ

Monte Alegre lidera o ranking com mais de 12 mil veículos, dos quais 66% são motocicletas

Ranking das maiores frotas de veículos da Calha Norte do Pará, PA Monte Alegre-SantarémÔnibus trafega na PA que liga Monte Alegre a Santarém

Os dados são do Denatran (Departamento Nacional de Transito) e quantificados até dezembro de 2016.
Com base neles, o Blog do Jeso fez o ranking dos municípios da Calha Norte do Pará com o maior número de veículos. Desse total, separou o de motocicletas e dimensionou o percentual com relação ao número de carros.
Monte Alegre lidera o ranking; Faro ocupa a rabeira.

1. Monte Alegre

Total de veículos (incluindo motos): 12.341
Total de motos: 8.244
Percentual de motos em relação a carros: 66,8%.

2. Oriximiná

Total de veículos (incluindo motos): 9.087
Total de motos: 5.054
Percentual de motos em relação a carros: 55,6%.

3. Alenquer

Total de veículos (incluindo motos):8.692
Total de motos: 6.317
Percentual de motos em relação a carros: 72,6%.

4. Óbidos

Total de veículos (incluindo motos): 6.383
Total de motos: 3.875
Percentual de motos em relação a carros: 60,7%.

5. Juruti

Total de veículos (incluindo motos): 2.698
Total de motos: 1.702
Percentual de motos em relação a carros: 63%.

6. Prainha

Total de veículos (incluindo motos): 1.163
Total de motos: 844
Percentual de motos em relação a carros: 72,5%.

7. Terra Santa

Total de veículos (incluindo motos): 834
Total de motos: 538
Percentual de motos em relação a carros: 64,5%.

8. Curuá

Total de veículos (incluindo motos): 565
Total de motos: 485
Percentual de motos em relação a carros: 85,8%.

9. Anajás

Total de veículos (incluindo motos): 262
Total de motos: 189
Percentual de motos em relação a carros: 72,1%.

10. Faro

Total de veículos (incluindo motos): 105
Total de motos: 59
Percentual de motos em relação a carros: 56,1%.

TRIBUNAL EM BRASILIA DEFINE RELATOR DO PROCESSO QUE CONDENOU LIRA MAIA POR CORRUPÇÃO

O multiprocessado foi condenado a devolver quase 10 milhões, além de 10 anos de inelegibilidade

Tribunal em Brasília define relator do processo que condenou Lira Maia por corrupção, Cândido Ribeiro e Lira MaiaCândido Ribeiro, desembargador, e Lira Maia, notório ficha suja

O desembargador Cândido Ribeiro, do TRF1 (Tribunal Regional Federal/1ª Região), será o relator do recurso contra a sentença que condenou o multiprocessado Lira Maia a perda de seus direitos políticos por 10 anos, além de devolução de quase 10 milhões de reais por crime de corrupção.
O recurso foi distribuído ontem, 19, ao magistrado.
A condenação do ex-prefeito santareno completará 1 ano que foi proferida no próximo mês de maio (dia 20).


TRAMITAÇÃO

Também foram condenados:
– Francisco de Araújo Lira, empresário da construção civil, dono da Construtora Tupaiu e principal operador do esquema de desvio de recursos do antigo Fundef, hoje Fundeb;

quinta-feira, 20 de abril de 2017

SENADOR ESCAPOU DE QUEDA DE ELEVADOR. MAS FOI ABATIDO POR DELAÇÕES DA ODEBRECHT

Senador escapou de queda de elevador. Mas foi abatido por delações da Odebrecht, Plenário do Senado
No site Diário do Poder, hoje, 20, sob o título Sorte lotérica:
Dias atrás, o elevador exclusivo dos senadores despencou do 20º andar de uma das torres do Congresso, com Valdir Raupp (PMDB-RO – foto) a bordo.
Só parou após acionado o freio de segurança.
Um dia depois, saíram as delações da Odebrecht. Dessas, Raupp não escapou.

TJ DO PARÁ PROMOVE JUÍZES E OS TRANSFERE PARA COMARCAS DE ITAITUBA E ALENQUER

Márcio Rebello e Francisco Daniel Alcântara ganharam ontem do TJ promoção de juiz de 2ª entrância

TJ do Pará promove juízes e os transfere para comarcas de Itaituba e Alenquer, Márcio Rebelo, juiz para ItaitubaMárcio Rebello assimira a Vara Criminal de Itaituba

Duas cidades no oeste do Pará ganharão novos juízes, ambos promovidos pelo TJ (Tribunal de Justiça) do Pará para comarcas de 2ª entrância.
Márcio Rebello irá comandar a Vara Criminal de Itaituba, enquanto que Francisco Daniel Alcântara assumirá a Vara Única de Alenquer.
A promoção dos 2 magistrados foi definida em sessão do Pleno do TJ realizada ontem, 19, em Belém.

terça-feira, 18 de abril de 2017

5 VEREADORES DE SANTARÉM ATOLADOS NA LAMA DO NEPOTISMO CRUZADO

5 vereadores de Santarém atolados na lama do nepotismo cruzado, nepotismocruzado5casos - Henderson

Henderson, Maria José, Tadeu, Ronan e Antonio Rocha, maus exemplos na vida pública

Há dois tipos de nepotismo, o direto e o cruzado. Ambos em voga em Santarém.
O direto é aquele em que a autoridade nomeia seu próprio parente. Caso do secretário municipal de Infraestrutura, Daniel Simões, que nomeou o cunhado engenheiro para trabalhar na secretaria sob seu comando.

Nepotismo cruzado é aquele em que o agente público, a Prefeitura de Santarém, por exemplo, nomeia parente ligado a outro agente público, a Câmara de Vereadores, para troca de favores.
O blog relaciona 5 casos de nepotismo cruzado. Confira. Se algum vereador escapou da lista, me avise, leitor/leitora.

1. Henderson Pinto

Partido: DEM
Cargo na Câmara: líder do governo na Casa.
Familiares no governo: Darlea Walquiria Machado Pinto (esposa), Adson Lira Pinto (irmão), Vianey Pinto de Lira (tio), Aldalene da Silva Pinto (cunhada), entre outros.

Por Jeso Carneiro

segunda-feira, 17 de abril de 2017

HELDER BARBALHO EXAGEROU EM PEDIDO DE CAIXA 2, AFIRMA DELATOR DA ODEBRECHT

O MINISTRO E O SENADOR PAULO ROCHA, DO PT SÃO ALVOS DE INQUÉRITOS NO STF; HELDER NEGA O CAIXA 2


Helder Barbalho exagerou em pedido de caixa 2, afirma delator da Odebrecht

A Odebrecht cogitou não dar nada ao então candidato do PMDB ao governo do Pará, Helder Barbalho [foto], depois de ele ter solicitado R$ 30 milhões para a sua campanha em 2014, disse em delação premiada o executivo da empresa Mário Amaro da Silveira. A informação  é do jornal O Estado de S. Paulo.
No final das contas, a campanha do peemedebista teria recebido R$ 1,5 milhão via caixa 2. 

Silveira ocupou o cargo de diretor-superintendente da Odebrecht Ambiental no Pará, tendo concentrado suas atividades em uma empresa adquirida pela empreiteira, a Saneatins, que na época tinha a concessão do serviço de saneamento de cinco municípios paraenses.
Apelidado de “Cavanhaque”, Barbalho é um dos oito ministros do presidente Michel Temer que são alvos de inquéritos instaurados pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), com base nas delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht.

JUSTIÇA ENCARA NEPOTISMO NA CÂMARA E PREFEITURA DE SANTAREM EM AUDIÊNCIA NA 4ª


Justiça encara nepotismo na Câmara e Prefeitura de Santarém em audiência na 4ª, Lira Maia, Erasmo e HendersonLira Maia, Erasmo e Henderson Pinto, o trio “mãe do nepotismo” na atual gestão municipal

Marcada para quarta-feira (19) a segunda audiência de conciliação na Justiça do processo movido pelo MP (Ministério Público) do Pará contra a Câmara de Vereadores e a Prefeitura de Santarém por prática de nepotismo.
A audiência foi marcada pelo Claytoney Ferreira, juiz da 6ª Vara Cível, onde o caso tramita há quase 2 anos.
Na primeira audiência, em março do ano passado, nem Município (gestão do prefeito Alexandre Von) e nem Câmara (então presidida por Reginaldo Campos) compareceram em juízo.
Há poucas semanas, o MP anexou petição aos autos da ação civil pública ressaltando que, apesar da mudança de gestores – saiu o tucano Alexandre Von, entrou o democrata Nélio Aguiar; na Câmara, Antônio Rocha (PMDB) assumiu a presidência – “a demanda não perdeu totalmente seu objeto”.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

PARÁ RECUPERA O TERCEIRO LUGAR NA EXPORTAÇÃO, APONTA ESTUDO

Estado perde apenas para Minas Gerais e Mato Grosso


Por: O Liberal
Depois de se posicionar por um período em quarto lugar entre as unidades da federação em saldo de exportação, o Pará recuperou a terceira posição no ranking, resultado alcançado no acumulado de 2016, quando as exportações paraenses registraram um crescimento de 2,32%. Agora, o estado perde apenas para Minas Gerais e Mato Grosso, concorrentes diretos na exportação das commodities minerais (ferro) e agrícolas (soja). No acumulado de janeiro/dezembro de 2016, as exportações paraenses contabilizaram US$ 10,5 bilhões - FOB, registrando um crescimento de 2,32% em relação ao acumulado do mesmo período no ano de 2015. As importações somaram US$ 1,1 bilhão - FOB, também com crescimento de 16,81% se comparado com o acumulado do ano anterior.
De acordo com o coordenador do Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Pará (CIN/Fiepa), Raul Tavares, o Pará sempre foi o terceiro no ranking brasileiro de exportações devido a força da indústria extrativa mineral. O retorno ao terceiro lugar tem relação direta com o aumento das exportações deste segmento, praticamente todos os parceiros comerciais do Estado compram o minério paraense. "Uma coisa é importante deixar claro que este modelo econômico mineral da indústria extrativa vai perdurar por um tempo como perfil econômico do Estado. Agora estamos vendo um horizonte de melhora, a partir do Brasil que ajusta sua economia e vemos uma perspectiva boa com a queda dos juros, é natural também que a indústria que volte a um processo reaquecimento do nosso produto no mercado internacional. Outra coisa é que a gente precisa entender este processo de acomodação das economias internacionais", listou. 
Esse movimento do comércio exterior do Pará refletiu em aumento na abertura comercial de 3,55%, com um valor de US$ 11,6 bilhões - FOB, enquanto que o saldo comercial sofreu uma pequena variação de 0,86%, com um valor de US$ 9,4 bilhões. Apesar dos valores positivos na variação das contas apresentadas, eles ainda refletem a resultados similares aos de 2008, ano de forte recuo das economias mundiais - abalados pela crise econômica mundial.
“Um indicador que nos preocupa, com esses resultados, é que o Brasil tem perdido, anos seguidos, a participação de bens manufaturados nas exportações brasileiras”, reforça Tavares. Ele acrescenta que, de acordo com estudos da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a crise econômica tem promovido uma retração na competitividade brasileira. “Segundo a CNI, o Brasil recuou em quatro dos nove fatores que determinam a capacidade das empresas se posicionarem de maneira competitiva frente aos demais concorrentes no mercado internacional”, explica.
Se comparado com países emergentes e outros desenvolvidos, o Brasil perdeu espaço no período de 2015 e 2016 por fatores de disponibilidade e custo de mão de obra, ambiente macroeconômico, competição, escala de mercado doméstico, poucos acordos comerciais ocasionando baixa abertura comercial e inexpressiva absorção tecnológica. "Isso posicionou o Brasil em 17º lugar entre os 20 maiores países mais competitivos. Dentre os parceiros do Mercosul, ele ganha apenas da Argentina", finaliza o coordenador do CIN/FIEPA.
FUTURO
Entretanto, ele vê com bons olhos o futuro da economia brasileira e do Estado. "O trabalho que fazemos na Federação das Indústrias tem se buscado novas possibilidade que possam gerar mudança no ramo exportador, ao criar uma musculatura nas indústrias tradicionais para que recuperem o espaço perdido e encontrem novos caminhos", avaliou.
Agora, o Estado perde apenas para Minas Gerais e Mato Grosso, concorrentes diretos na exportação das commodities minerais (ferro) e agrícolas (soja). No acumulado de janeiro/dezembro de 2016, as exportações paraenses contabilizaram US$ 10,5 bilhões - FOB, registrando um crescimento de 2,32% em relação ao acumulado do mesmo período no ano de 2015. As importações somaram US$ 1,1 bilhão - FOB, também com crescimento de 16,81% se comparado com o acumulado do ano anterior. Exportação a variação de crescimento de crescimento nos dois últimos anos, deuxa uma variação de 16,8% de craeimento isso de deve ao aumento de importação de bens de capitais, maquinh[arios, exteiras para transporte mineral, produtos que vem para a produção extratigva que tivemos

ESTADO DO PARÁ PERDE 40 MIL EMPREGOS FORMAIS EM 2016, DIZ DIEESE

Setores mais impactados com o desemprego foram o da construção civil, do comércio e da indústria


Por: O Liberal
Ao longo do ano de 2016, o Estado do Pará perdeu 40 mil postos formais de trabalho. Esse total corresponde a 5,14% de crescimento do desemprego no Estado. Os setores mais impactados com o desemprego foram o da construção civil, do comércio, da indústria, de serviços e o setor da agropecuária. O levantamento é do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócioeconômicos do Pará (Dieese/PA), por meio do novo Mapa do Emprego/Desemprego Formal no Estado do Pará. O cenário de admissões e demissões de trabalhadores identificado pelo Dieese/PA indica que em 2016 o Pará teve a maior perda de postos de trabalho formais em uma década.
O Mapa do Emprego/Desemprego Formal no Estado do Pará tem como base informações oficiais do Ministério do Trabalho (Caged), com balanço dos setores mais atingidos pelo desemprego em 2016 em comparação com igual período em 2015. O estudo integra o projeto do Observatório do Trabalho do Estado do Pará, parceria entre o Dieese/PA e o Governo do Estado do Pará, através da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster).
Segundo o Dieese/PA, de janeiro a dezembro de 2016 foram feitas no Pará 262.289 admissões contra 302.158 desligamentos, gerando um saldo negativo de 39.869 postos de trabalhos. No mesmo período de janeiro a dezembro de 2015, o saldo entre admitidos e desligados também foi negativo, só que menor que o verificado em 2016. Foram feitas naquele ano,  em todo o Estado 341.275 admissões contra 377.526 desligamentos, gerando um saldo negativo de 36.251 postos de trabalhos formais.
A maioria dos setores econômicos no Pará apresentou resultados negativos na geração de empregos formais e com um volume maior no número de desempregados. O destaque foi para os setores da construção civil, comércio, indústria de transformação, serviços e setor da agropecuária.
Somente dois setores econômicos do Estado apresentaram, em 2016, crescimento na geração de empregos formais: o setor extrativo mineral e setor serviço indústria e utilidade pública.

TRUMP DEVE AUTORIZAR CONSTRUÇÃO DE MURO ENTRE EUA E MÉXICO

Durante a campanha eleitoral, ele disse repetidamente que o "México pagará" a obra


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deve assinar nesta quarta-feira (25) decretos determinando a construção de um muro na fronteira com o México e estabelecendo barreiras para a entrada de refugiados sírios e imigrantes provenientes de países propensos ao terror. Com isso, o presidente transforma em realidade a mais polêmica promessa de sua campanha eleitoral, que é a construção do muro na fronteira sul do país. "Grande dia planejado para a segurança nacional, amanhã", disse Trump em mensagem no Twitter no fim da noite de ontem (24). "Entre muitas outras coisas, vamos construir o muro", acrescentou.
Os decretos devem ser assinados durante uma visita que Trump fará ao Departamento de Segurança Interna, em Washington. O muro será erguido de forma prioritária nos locais que fazem fronteira com cidades mexicanas, onde as autoridades locais se recusam a entregar aos Estados Unidos imigrantes ilegais para serem deportados e pessoas acusadas de transportar drogas para o mercado americano.
O presidente deverá reafirmar também, nesta quarta-feira, que a imigração está fora de controle e que a entrada de potenciais criminosos ameaça a segurança dos Estados Unidos. Os decreto devem restringir a entrada de imigrantes  originários do Iraque, Irã, da Líbia, Somália, do Sudão, da Síria e do Iêmen.
Quem pagará a obra
Donald Trump poderá ainda dar mais esclarecimentos sobre que país pagará pela construção do muro. Durante a campanha eleitoral, ele disse repetidamente que o "México pagará" a obra. Afirmou também que os Estados Unidos serão reembolsados pelo México para compensar o dinheiro a ser investido no muro com fundos do contribuinte americano.

Por: Agência Brasil